16.4 C
fpolis

A imprensa esportiva está mais triste

Leia também

Foto: Agobar Filho

Faleceu, na manhã de hoje, em Joinville, aos 80 anos, o jornalista Joel Ferreira do Nascimento, o Maceió. Nascido em São Francisco do Sul, notabilizou-se como colunista do jornal A Notícia, onde trabalhou por 43 anos. Sua coluna “Informal” era leitura obrigatória para quem desejava estar bem informado sobre o mundo dos esportes. Fez coberturas internacionais, como a da Copa do Mundo de 1994 e das Olimpiadas de 1996, e criou o Troféu O Jornaleiro, que homenageava anualmente atletas e dirigentes de destaque.

De Zico a Gustavo Kurten, todos os grandes atletas catarinenses e brasileiros importantes do final do século passado e início dos anos 2000 passaram pela cerimônia de entrega do troféu. Com estilo refinado e, ao mesmo tempo, extremamente popular, irradiava conhecimento esportivo e da língua portuguesa em sua coluna, marcada por personagens que escolhia para pontuar a narrativa de seus textos. Durante décadas foi o protagonista de uma máxima jornalística que dizia que um bom jornal deve começar a ser lido pelo final, onde ficava a página de esportes. Deixa três filhos, netos e bisneto.

Mais artigos

Últimos artigos