23.7 C
fpolis
- Publicidade -

NOTA DE REPÚDIO

Leia também

Reprodução / Rádio Cidade Tubarão

A Associação Catarinense de Imprensa (ACI) – Casa do Jornalista repudia as agressões cometidas contra o repórter Eduardo Fogaça, da Rádio Cidade Tubarão, na tarde desta quinta-feira. O profissional fazia a cobertura das manifestações contrárias ao resultado das eleições para presidente da República e foi abordado de forma violenta por manifestantes, que o ameaçaram e tentaram intimidá-lo.
Imagens mostram que o jornalista estava ao vivo em frente ao quartel do Exército de Tubarão quando foi abordado por dois manifestantes que interromperam a cobertura.
A ACI considera inaceitável que, sob o pretexto de discordar do resultado das eleições, cidadãos se valham de atitudes selvagens, incompatíveis com a postura que se espera de cidadãos de bem, para agredir trabalhadores e tentar cercear a liberdade de imprensa.
Após registro do boletim de ocorrência, os fatos também foram relatados ao Ministério Público Estadual para providências. ACI e MPSC mantém desde antes das eleições uma parceria visando à proteção de jornalistas no exercício profissional.

A Diretoria

Artigo anteriorNOTA OFICIAL
Próximo artigoObrigado, Carlos Damião

Mais artigos

Últimos artigos