14.4 C
fpolis

Em parceria com Latina e OneWG, Associação Catarinense de Imprensa prepara campanha de valorização do jornalista

Leia também

Está na reta final de produção o vídeo que será a peça mais visível da campanha em que a Associação Catarinense de Imprensa (ACI) buscará sensibilizar a sociedade para a importância do trabalho do jornalista e da relevância da liberdade de imprensa na defesa da democracia. O vídeo, que deverá ser veiculado em redes de televisão e internet, foi idealizado e produzido em parceria com a OneWG e a Latina Filmes.
A proposta é mostrar as dificuldades e pressões que estão por trás de cada matéria que é levada aos leitores e telespectadores diariamente. O roteiro apresenta ao grande público como são as 24 horas na vida de uma dupla de repórter/ repórter cinematográfico, tudo condensado numa versão que tem menos de 30 segundos.

“Desde o início da gestão, definimos que a proteção do jornalista e do seu direito de informar seria um dos pilares da Associação. Esse filme é quase um manifesto de nossa gestão. Estamos muito felizes com a parceria que fizemos com a OneWG e a Latina, duas empresas que são referência no mercado de comunicação de Santa Catarina”, resumiu Deborah Almada, presidente da ACI.
Gravado em Joinville, durante dois dias intensos de trabalho, o vídeo tem cenas com bastante ação, e é esse clima dinâmico que os diretores tentarão passar para o público. Os trabalhos contaram com a colaboração da Guarda Municipal de Joinville, que interditou algumas ruas para maior segurança, bem como da Polícia Civil de Santa Catarina, que emprestou uma viatura e uma equipe para dar mais realidade a uma cena de ação.

“Houve um esforço para mostrar que jornalistas, que muitas pessoas se acostumam a ver através das telas como atores ou mensageiros de propostas de algum grupo específico, são pessoas normais, que estão ali para contar boas ou trágicas histórias. Assim como os que assistem, eles têm medo, ansiedade, contas para pagar, família esperando em casa”, comentou o diretor de Proteção e Defesa da Liberdade de Imprensa, José Augusto Gayoso, que acompanhou os trabalhos e acredita que a mensagem será bem entendida pelo público. As outras peças da campanha, como material para divulgação em sites e jornais e mensagens de áudio para as rádios, já estão prontas.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos